Portefólio de psicologia 12ºano

09
Mar 08

Competências básicas do bebé:

Hoje em dia a criança é considerada como um ser dotado de natureza activa, desperta para o mundo exterior. É portadora de necessidades que exigem ser satisfeitas e capacidades que têm ser desenvolvidas.

As crianças nascem com reflexos que contribuem para a sua sobrevivência e adaptação à vida.

 

Os reflexos orais podem ser subdivididos em reflexos de alimentação e reflexos de protecção à alimentação.

 

              Reflexos de Alimentação:  

·       Reflexo de procura:  quando a mãe vai amamentar o bebé e o bico do seio toca a região próxima a boca do bebé, o bebé vira a cabeça em direcção ao seio para poder introduzi-lo na sua boca e iniciar a sucção. Este reflexo está presente no nascimento e vai diminuindo a partir do quarto mês, quando a criança começa a levar a mão à boca e se inicia um processo de adequação da sensibilidade oral.

 

·       Reflexo de sucção: também está presente ao nascimento e por volta dos 4 meses começa a tornar-se voluntário. É uma continuidade do reflexo de procura. Após a criança introduzir o bico do seio na sua cavidade oral, o contacto deste com a porção anterior da língua, desencadeia um processo de movimentos rítmicos de sucção. Prepara a criança para se alimentar e, claro está, sobreviver. Este movimento de sucção já envolve outros movimentos coordenados em que intervêm a língua e os lábios.

 

·       Reflexo de deglutição: Também presente ao nascimento e tornando-se mais voluntário a partir do quarto mês, quando se vai aprimorando um processo mais coordenado com a sucção e a respiração.

 

              Reflexos de protecção à alimentação: 

·       Reflexo de vómito: Está presente ao nascimento e vai se estendendo até o sétimo mês. Este reflexo fica presente na vida adulta. No bebé é desencadeado tocando-se na porção anterior da língua. O primeiro sinal do desencadeamento deste reflexo é o arregalar dos olhos.

·       Reflexo de mordida: Presente ao nascimento e suprimido por volta do sétimo mês com o aparecimento da mastigação. Pode ser observado fazendo-se uma pressão na região da gengiva superior, um pouco à direita ou à esquerda da linha média. Como resposta teremos um fechar e abrir rítmico de mandíbula.

 

O choro também faz parte do equipamento natural do bebé. É o método que serve para dizer à mãe, ou à pessoa que cuida da criança, que tem fome ou dores. É, por isso, um meio eficaz de comunicar, bem como o sorriso e expressões faciais.

publicado por psicologiaxxi às 21:52

Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


arquivos
2008

2007

Música
PsicologiaXXI
Relógio: